DR

Instituição de apoio a deficientes com 20 infetados

A estrutura residencial da Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) de Valpaços tem 20 casos de infeção com o novo coronavírus, dos quais 11 são utentes e nove colaboradores, disse hoje a Câmara local.


Em comunicado, a autarquia de Valpaços, no distrito de Vila Real, revelou que os 20 casos naquela Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) que tem valência de lar foram detetados na terça-feira.

“Os casos confirmados, bem como as pessoas que com eles contactaram, estão a ser devidamente acompanhados pelas autoridades de saúde”, realça a nota da autarquia, assinada pelo presidente, Amílcar Almeida.

A autarquia destaca ainda que irá “manter o acompanhamento ativo e continuo da evolução do surto, assumindo as decisões e as medidas que, a cada momento, se revelarem necessárias à proteção da saúde de todos”.

A APPACDM esclareceu, através da sua página na rede social Facebook, que os casos de covid-19 são referentes à estrutura residencial de Valpaços e que as equipas a trabalhar em cada uma das respostas sociais daquela associação “são distintas”.

Explicou que nas outras duas estruturas, os Centros de Atividades Ocupacionais de Valpaços e Vilarandelo, não há “até ao momento qualquer caso a registar”.

A nota da Câmara de Valpaços alerta ainda que a pandemia de covid-19 “continua a crescer” no concelho e que desde 01 de novembro foram detetados 26 novos casos de infeção no concelho.

“É expectável que nos próximos dias possamos assistir a uma subida exponencial de novos casos”, pode ler-se.

Segundo o boletim epidemiológico da Unidade de Saúde Pública do Alto Tâmega e Barroso, divulgado na terça-feira, o concelho de Valpaços regista 49 casos de covid-19 em fase ativa da doença e uma ‘taxa de ataque’ nos últimos 14 dias de 344,2 casos por 100 mil habitantes.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.328.048 mortos resultantes de mais de 55 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 3.553 pessoas dos 230.124 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

 

Comentários